ACRE CRESCE E UTRAPASSA OS 732 MIL HABITANTES, MOSTRA O CENSO 2010

Posted on
  • 30 de novembro de 2010
  • by
  • ARTE É VIVER
  • in
  • Marcadores:

  • O Censo 2010 mostra também que a população acreana é mais urbanizada, com 72,61% das pessoas morando na zona urbana


    O total de habitantes do Acre cresceu 31,44% em 10 anos. Enquanto que em 2000 a população era estimada em 557.526, em 1º de agosto último o levantamento era de 732.793. Em termos proporcionais, foi o segundo maior crescimento populacional no Norte, ficando atrás do Amapá (40,18%). Esses são os dados mais concretos do Censo 2010, realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).


    O Censo 2010 mostra também que a população acreana é mais urbanizada, com 72,61% das pessoas morando na zona urbana. Os resultados mostram que, no Acre, há mais homens que mulheres. Existem 367.864 (50, 20%) homens para 364.929 mulheres (49,80%). O dado acreano se constrata com o nacional, onde as mulheres são maioria.

    Entre os municípios, Rio Branco continua a concentrar grande parte dos acreanos: 45%. A nova contagem do IBGE aponta que a Capital está com 335 mil moradores; a última análise dizia 319 mil. Quando comparada com o último censo - 10 anos atrás - a população rio-branquense aumentou 40%. Ou seja, o total de habitantes de Rio Branco subiu mais que a média estadual. 


    Segundo o IBGE, há mais mulheres do que homens em Rio Branco. Elas chegam a 172.400; já eles, 163.396. O censo mostra um dado preocupante: a superconcentração dos rio-branquenses na zona urbana: 91%. Enquanto que 308 mil vivem na cidade, pouco mais de 27.000 estão no campo.

    Na seqüencia entre os municípios mais populosos aparecem Cruzeiro do Sul (78.444), Sena Madureira (37.993), Tarauacá (35.526) e Feijó (32.311). Santa Rosa do Purus continua a ter o menor número de habitantes: 4.612. Proporcionalmente, entretanto, foi o município que teve a maior taxa de crescimento: 105.34%. Mas uma característica foi mantida. De maioria indígena, a população continua a se concentrar na zona rural.

    Realizado nos últimos quatro meses (a análise teve início em 1º de agosto), o Censo 2010 do IBGE ouviu 221.105 domicílios em todo o Estado. Ao todo, 800 pessoas foram distribuídas pelos 22 municípios do Acre. 

    Fonte: agazeta.net

    3 comentários:

    paulo cesar nery disse...

    Gostei muito imagens belissimas

    @Carlinhoosk8 disse...

    caraca, narnia agora tem uma ponte com luz ... não, pera

    @wendelljunior disse...

    @carlinhoosk8 Sabe o que não existe é conhecimento em você. Pois qualquer um que estuda sabe que o Acre existe. Em vez de você ficar falando mal do Acre aproveita e vai estudar um pouco seu ignorante..

    Postar um comentário

    ISSO É POLÍTICA DE VERDADE

     
    Balanço Geral (c) 2011