FEIJÓ - ACRE

Posted on
  • 28 de setembro de 2011
  • by
  • ARTE É VIVER
  • in
  • O município de Feijó tinha suas terras habitadas pelas tribos Jaminawás, kaxinauwás e Chacauwás. Com a chegada dos nordestinos à foz do rio Envira, em 1879, começou-se a desbravação da região, subindo os rios e igarapés, desmarcando os ‘seus’ lotes e terras e até ‘seringais’. No entanto, ocorreram vários conflitos na selva, entre os nordestinos e índios por conta da desocupação dessas áreas de terras, que pouco tempo depois transformaram-se em seringais. É neste contexto que surge à margem esquerda do rio Envira, o Seringal Porto Alegre que mais tarde deu origem ao município de Feijó.

    Após alguns anos o seringal tornou-se um vilarejo, e aos 13 de maio de 1906, foi elevado a categoria de vila sob a denominação de Feijó, em homenagem ao Pe. Diogo Feijó, nome que se conserva até hoje. A instalação do município deu-se sob o decreto 968 de 21 de dezembro de 1938, sendo o governador do território do acre, o Sr. Dr. Epaminondas Martins e o Prefeito municipal o Sr. Raimundo Augusto de Araújo o primeiro prefeito feijoense.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    ISSO É POLÍTICA DE VERDADE

     
    Balanço Geral (c) 2011