RIO JURUÁ ULTRAPASSA COTA DE TRANSBORDAMENTO E PRIMEIRAS FAMILIAS SÃO RETIRADAS

Posted on
  • 28 de novembro de 2011
  • by
  • ARTE É VIVER
  • in
  • Desde que o nível do Rio Juruá alcançou a sua cota de transbordamento que é de 13m, a Defesa Civil de Cruzeiro do Sul está a postos para o acompanhamento diário das residências alagadas e a efetiva necessidade da retirada das famílias atingidas pela cheia do rio. O grande volume de chuvas, no período invernoso, principalmente nas cabeceiras do Juruá, ocasiona todos os anos o aumento do volume das águas deixando centenas de casas em estado de alerta.

    O prefeito Vagner Sales acompanhado do Comandante do Corpo de Bombeiros Major Araújo, fez pessoalmente, uma vistoria nos bairros da Lagoa, Boca de Môa, Cruzeirinho Novo, Várzea, Miritizal e Olivença onde a situação é mais crítica, devido os bairros estarem situados na região mais baixa da cidade. Ele acionou a Defesa Civil para as primeiras ações e o planejamento estratégico que visa minimizar o sofrimento das famílias atingidas.

    Como tem ocorrido nos anos anteriores a base para o recebimento das famílias retiradas por conta da alagação é o Ginásio Poliesportivo Alailton Negreiros. Mais de dez famílias já estão abrigadas no local. Nesse alojamento além de alimentação as famílias recebem acompanhamento médico, até que o retorno às suas casas seja seguro.

    O nível das águas do Rio Juruá chegou a atingir a marca de 13,50m, forçando a remoção das primeiras famílias afetadas pela alagação. Nesta segunda-feira o Juruá dava sinais de vazante o que poderá fazer a situação voltar à normalidade. Ainda assim o Prefeito Vagner Sales acionou os setores da Prefeitura que estão atentos e mobilizados para agir a qualquer hora do dia ou da noite. “A nossa Defesa Civil já está mobilizada e toda assistência será dada aos nossos irmãos. Já acionamos também as nossas secretarias de Assistência Social, Obras, Saúde e Educação que estão de prontidão para agir em favor das famílias atingidas pela cheia do rio”, disse o Prefeito.

    Fonte: ac24horas

    0 comentários:

    Postar um comentário

    ISSO É POLÍTICA DE VERDADE

     
    Balanço Geral (c) 2011