CHUVA COM TEMPORAL CAUSA PREJUÍZOS E UMA MORTE NA REGIÃO DO JURUÁ

Posted on
  • 30 de dezembro de 2011
  • by
  • ARTE É VIVER
  • in
  • Até a manhã de quinta-feira (29) muitos comerciantes no Centro de Cruzeiro do Sul (AC) ainda tentavam remover de dentro das lojas a lama arrastada pela água da chuva que inundou vários comércios. A chuva que caiu no início da noite de quarta-feira (28), só cessou durante a madrugada.

    Os comerciantes ainda tentavam retomar a rotina contabilizando os prejuízos. Alguns deles trabalharam durante toda a noite para salvar a mercadoria.

    Residências em vários pontos da cidade foram atingidas. Na Rua Purus, Bairro João Alves, a água atingiu a altura de um metro na parede de uma casa. Uma idosa teve que ser socorrida pelos moradores. Os móveis foram suspensos, animais morreram afogados. A comunidade reclama da Prefeitura que recentemente instalou um bueiro no local que não teria a capacidade para dar vazão à água da chuva.

    “Várias roupas foram arrastadas aqui de casa, a minha filha de 3 anos quase foi levada pela água”, diz a dona de casa, Maria Angelita, moradora no Bairro Artur Maia, que teve sua banquinha de churrasco levada pela enxurrada.

    Na Rua Germano Frank, Bairro João Alves, um muro de contenção de um barranco desabou levando parte da área de uma residência. A casa do lado de baixo teve o telhado atingido. O desmoronamento deixou um carro ilhado em uma garagem, só pode ser retirado quando a estrutura for reconstruída.

    Em Mâncio Lima, município localizado a 36 quilômetros de Cruzeiro do Sul, um menino de 9 anos morreu dentro de casa ao ser atingido pela descarga elétrica de um raio. Outras duas crianças menores que brincavam na residência sentiram o impacto, mas não chegaram a necessitar de atendimento médico.



    Fonte: Juruaonline

    0 comentários:

    Postar um comentário

    ISSO É POLÍTICA DE VERDADE

     
    Balanço Geral (c) 2011