EM PRONUNCIAMENTO JORGE VIANA LAMENTA MUDANÇA NO FUSO HORÁRIO DO ACRE

Posted on
  • 11 de outubro de 2011
  • by
  • ARTE É VIVER
  • in
  • O senador Jorge Viana, criticou nesta sexta-feira, 11 o projeto de lei que altera o fuso horário do Acre para deixá-lo com um “atraso” de duas horas em relação a Brasília – três horas, se for considerado o horário de verão. Atualmente, a diferença é de uma hora, sem contar o horário de verão. O projeto foi aprovado nesta semana pela Câmara e agora vai à sanção presidencial.

    “Lamento profundamente o desfecho dessa situação. Os que trabalham e usam seus mandatos parlamentares para atrasar o Acre venceram, conseguiram atrasar o Acre em uma hora”, disse Jorge Viana.

    O fuso atual foi instituído em 2008, através de projeto de Lei do ex-senador e hoje Governador Tião Viana (atual governador do Estado). O objetivo era fazer o Acre inserir-se cada vez mais no Brasil e no mundo,.O projeto foi aprovado pela maioria absoluta do Congresso fazendo com que o fuso horário do Acre ficasse fazendo parte do segundo fuso horário do Brasil.

    O Brasil, desde 1913, tem quatro fusos horários – o Acre era o quarto fuso horário. Com a mudança aprovada pelo Congresso o Acre passou a ter o mesmo fuso de Porto Velho (RO),Manaus (AM) e com uma hora só de diferença de Brasília.

    “Interesses mesquinhos e partidários, mancomunados com prefeitos e com alguns dirigentes partidários, conseguiram fazer um enfrentamento e em vez de fazer uma pequena alteração no horário de funcionamento das escolas e uma pequena alteração no horário de funcionamento do serviço público, o que resolveria o problema do amanhecer do dia versus horário, preferiram fazer disso uma disputa eleitoreira, política. Dividiram o Acre”, disse o senador, destacando que o referendo realizado em outubro do ano passado dividiu o Acre.

    “Cheguei ao Senado diante de um referendo que, pelo menos parte dele, foi manipulado. A lei foi alterada e nós tínhamos que concordar, porque tinha vindo de um referendo. E agora eu estou aqui para registrar: eu não criei nenhum empecilho para a aprovação do que o referendo estabeleceu, mas tenho obrigação, como acreano que gosta do Acre, que tem um sentimento, e que o dedica – dedico o meu esforço e o meu trabalho, para dizer que lamentavelmente aqueles que trabalham disfarçadamente contra o Acre, contra o povo acreano, venceram. Conseguiram atrasar o Acre”, disse o senador.

    Atraso- Com isso, disse Jorge Viana, durante o horário de verão o Acre vai ficar três horas defasado em relação a Brasília. “A programação de televisão, jogos inclusive, coisas de interesse do nosso povo será gravada. O Acre deixará de estar on-line e, por conta do que estabelece a legislação, da regulação de horário, sua população vai pagar uma conta além dos negócios, das possibilidades de, em tempo real, vinculado a Estados da região Norte, ter uma condição de competitividade econômica. O Acre perde e nós vamos ter prejuízos enormes”, disse.

    Além de lamentar a situação, Jorge Viana disse aguardar agora como será a atuação desses políticos “que atrasaram o Acre”, quando a população começar a reclamar da defasagem em relação a Brasília. “São três horas que prejudicam o funcionamento de um Estado. Certamente a população já, já vai reclamar uma nova posição que a tire da condição de, enquanto o mundo está em tempo real on-line, ter que assistir a tudo gravado, depois de o Brasil inteiro ter tomado conhecimento do noticiário, especialmente da televisão”, disse o senador.

    Charlene Carvalho

    0 comentários:

    Postar um comentário

    ISSO É POLÍTICA DE VERDADE

     
    Balanço Geral (c) 2011